Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2011

Beethoven e Moonlight Sonata

Imagem
Apetece-me algo assim. Estou muito cansada :|


O mostrengo

O mostrengo que está no fim do mar Na noite de breu ergueu-se a voar; A roda da nau voou três vezes, Voou três vezes a chiar.
E disse: Quem é que ousou entrar Nas minhas cavernas que não desvendo, Meus tectos negros do fim do mundo? E o homem do leme disse, tremendo: El-Rei D. João Segundo!
De quem são as velas onde me roço? De quem as quilhas que vejo e ouço? Disse o mostrengo, e rodou três vezes, Três vezes rodou imundo e grosso.
Quem vem poder o que só eu posso, Que moro onde nunca ninguém me visse E escorro os medos do mar sem fundo?» E o homem do leme tremeu, e disse: El-Rei D. João Segundo!
Três vezes do leme as mãos ergueu, Três vezes ao leme as repreendeu, E disse no fim de tremer três vezes: Aqui ao leme sou mais do que eu: Sou um povo que quer o mar que é teu; E mais que o mostrengo, que me a alma teme E roda nas trevas do fim do mundo, Manda a vontade, que me ata ao leme, De El-Rei D. João Segundo! Fernando Pessoa

Aguaviva e Poetas Andaluces

Imagem
Apetece-me muito, muito, muito :)


Blue Valentine

Imagem
Fui ao cinema. 


Astor Piazzolla e Oblivion

Imagem
Finalmente. Música! E apetece-me esta :)




Serralves em Festa

Imagem
E queria tanto ter ido aqui...





Foi fim-de-semana...

Imagem
... mas não tive descanso :|



Secos e Molhados e Delírio

Imagem
Apetece-me :)

Não vou buscar A esperança Na linha do horizonte Nem saciar A sede do futuro Da fonte do passado Nada espero E tudo quero Sou quem toca Sou quem dança Quem na orquestra Desafina
Quem delira Sem ter febre
Só o par E o parceiro Das verdades À desconfiança

Bom dia :)

Imagem

Olhem...

Imagem

Sonho

Sonhei – nem sempre o sonho é coisa vã –
Que um vento me levava arrebatado,
Através desse espaço constelado,
Onde uma aurora eterna ri louça…


As estrelas, que guardam a manhã,
Ao verem-me passar triste e calado,
Olhavam-me e diziam com cuidado:
Onde está, pobre amigo, a nossa irmã?


Mas eu baixava os olhos receoso
Que traíssem as grandes mágoas minhas,
E passava furtivo e silencioso,


Nem ousava contar-lhes, às estrelas,
Contar às tuas puras irmãzinhas,
Quanto és falsa, meu bem, e indigna delas!
Antero de Quental

Lambchop e Listen

Imagem
Apetece-me. Gosto :)


Yessss!

Imagem

Mar

Mar!
E é um aberto poema que ressoa
No búzio do areal...
Ah, quem pudesse ouvi-lo sem mais versos!
Assim puro,
Assim azul,
Assim salgado...
Milagre horizontal
Universal,
Numa palavra só realizado.



Miguel Torga



Clannad e Harry's Game

Imagem
Apetece-me. Lindo, de verdade! :)


Ryuichi Sakamoto e Merry Christmas Mr. Lawrence

Imagem
Apeteceu-me. Acho lindo :)


:D :D :D

Imagem
O dono do talho e o do restaurante são aparentados.  Por isso, estão abertos todos os dias e domingos, 24:30 por dia.



Quem vem contar-me uma história

Quem vem contar-me uma história
Dos meus tempos de menina?

Quando eu era pequenina,
A minha ama contava
Aquela história em que entrava
Uma menina e um papão.
Eu, a ouvi-la, chorava.

A fábula é outra agora:
A menina já não chora
No meio da escuridão.
Quem tem medo é o papão.
Natália Correia

Bob Dylan e Knockin' on Heaven's Door

Imagem
Apetece-me :) E hoje é o dia do seu 70.º aniversário.


Emerson, Lake and Palmer e Lucky Man

Imagem
Apeteceu-me. Bem... ao tempo que não ouvia isto! ;)


Roger Waters e The Pros And Cons Of Hitchhiking

Imagem
Apeteceu-me. De repente :) Do you remember Dick Tracy? Do you remember Shane?


Que seria do western

Imagem
... sem Bonanza???


Filmes Western

Imagem
Gostei de Silverado, Danças com Lobos, Maverick.


Indomável

Imagem
Embora seja com Jeff Bridges e Matt Damon, Hailee Steinfeld é a actriz principal!


Tindersticks e Sweet Memory

Imagem
Apetece-me.


Loucura.

Imagem
Está tudo louco...
... ou apenas eu e não reconheço a autêntica loucura porque é exclusivamente minha?!? E apeteceu-me dizer: a única, a verdadeira, a autêntica... mas lembrei-me que essa era a da bayer. ;)
Saia, então, uma aspirina e, já agora...


Outro mistério desvendado.

Imagem

Está desvendado...

Imagem
... o mistério da maçã!




Não, Mãe...

Imagem
... ainda não consegui despedir-me. :'(


Mãe

Mãe:
Que desgraça na vida aconteceu,
Que ficaste insensível e gelada?
Que todo o teu perfil se endureceu
Numa linha severa e desenhada? Como as estátuas, que são gente nossa
Cansada de palavras e ternura,
Assim tu me pareces no teu leito.
Presença cinzelada em pedra dura,
Que não tem coração dentro do peito. Chamo aos gritos por ti - não me respondes
Bejo-te as mãos e o rosto - sinto frio.
Ou és outra, ou me enganas, ou te escondes
Por detrás do terror deste vazio. Mãe:
Abre os olhos ao menos, diz que sim!
Diz que me vês ainda, que me queres.
Que és a eterna mulher entre as mulheres.
Que nem a morte te afastou de mim! Miguel Torga

Ausência [da minha Mãe]

Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua
Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.
Sophia de Mello Breyner Andresen



Lua adversa

Tenho fases, como a lua
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha.

Fases que vão e vêm,
no secreto calendário
que um astrólogo arbitrário
inventou para meu uso.

E roda a melancolia
seu interminável fuso!
Não me encontro com ninguém
(tenho fases como a lua...)
No dia de alguém ser meu
não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia,
o outro desapareceu...
Cecília Meireles

Lamb e God Bless

Imagem
Apetece-me :)


Quero apenas cinco coisas..

Quero apenas cinco coisas.
          Primeiro é o amor sem fim
                    A segunda é ver o outono
                              A terceira é o grave inverno
                                        Em quarto lugar o verão
                                                  A quinta coisa são teus olhos
                                                            Não quero dormir sem teus olhos.
                                                                      Não quero ser... sem que me olhes.

Abro mão da primavera para que continues me olhando. Pablo Neruda

Violeta Parra e Gracias a la vida

Imagem
Apeteceu-me.


Feliz Aniversário! :)

Imagem
Hoje a P. faz anos. Feliz aniversário!

Desejo-te tudo o que possa agarrar o teu coração em beleza, em alegria e em espanto. Tudo o que te faça rir à gargalhada, que te emocione e te entusiasme.
Beijos de parabéns.

A esperança do mundo

1
Seria a opressão tão antiga quanto o musgo dos lagos?
Não se pode evitar o musgo dos lagos.
Seria tudo o que vejo natural, e estaria eu doente, ao desejar remover o
irremovível?
Li canções dos egípcios, dos homens que construíram as pirâmides.
Queixavam-se do seu fardo e perguntavam quando terminaria a opressão. Isto
há quatro mil anos.
A opressão é talvez como o musgo, inevitável.

2
Se uma criança surge diante de um carro, puxam-na para uma calçada. Não
o homem bom, a quem erguem monumentos, faz isso. Qualquer um retira
a criança da frente do carro.
Mas aqui muitos estão sob o carro, e muitos passam e nada fazem.
Seria porque são tantos os que sofrem? Não se deve mais ajudá-los, por
serem tantos? Ajudam-nos menos.
Também os bons passam, e continuam sendo tão bons como eram antes
de passarem.

3
Quanto mais numerosos os que sofrem, mais naturais parecem

Green Day e Boulevard Of Broken Dreams

Imagem
Apetece-me isto.


Podrán cortar todas las flores...

Imagem
... pero no podrán detener la primavera.
Pablo Neruda



Grupo Outubro e A luta vai ser dura companheiro

Imagem
Cada vez mais actual.

A luta vai ser dura companheiro Mas nada mudará o rumo à história Lutando pela paz no mundo inteiro Nós temos a certeza da vitória
A luta vai ser dura camarada Mas nada se conquista sem canseira Com o sangue vertido na jornada Faremos palmo a palmo a sementeira
Por cada voz calada  Mil vozes vão nascer gritando a força deste povo Que não se vai render
A luta vai ser longa companheiro Mas quem sabe esperar não desespera Teremos de lutar de corpo inteiro Pois temos o futuro à nossa espera
A luta vai ser longa camarada Mas cada passo em frente é mais um passo Havemos de vencer a caminhada Que o povo não se vence pelo cansaço
Por cada voz calada  Mil vozes vão nascer gritando a força deste povo Que não se vai render
A luta vai ser dura companheiro Mas nada mudará o rumo à história Lutando pela paz no mundo inteiro Nós temos a certeza da vitória
Por cada voz calada  Mil vozes vão nascer gritando a

Póstroika

Imagem
Palavras para quê?

Dedicado todos...

Imagem
... os que gostam do denominado centrão, bloco central ou o que lhe queiram chamar.

Que tal pensarem em votar noutro(s)?  Os cidadãos que se identificam com a de direita já estão a fazer isso. Só assim se justifica os 13,4% no partido do táxi... Então, por que razão as pessoas com ideais de esquerda não votam na esquerda e à esquerda?  Odeio estes enigmas... :(

Bem pode...

Imagem
... este alemão estar chateado com o Sócrates! E não é que tem razão em TUDO o que diz?


As caraíbas...

... são o máximo. Até as nuvens são à vontade do freguês :D


Clockwork Orange

Imagem
A versão em 40 segundos no40.º aniversário de Laranja Mecânica.


Tarde no mar

A tarde é de oiro rútilo: esbraseia
O horizonte: um cacto purpurino.
E a vaga esbelta que palpita e ondeia,
Com uma frágil graça de menino,

Poisa o manto de arminho na areia
E lá vai, e lá segue ao seu destino!
E o sol, nas casas brancas que incendeia.
Desenha mãos sangrentas de assassino!

Que linda tarde aberta sobre o mar!
Vai deitando do céu molhos de rosas
Que Apolo se entretém a desfolhar...

E, sobre mim, em gestos palpitantes,
As tuas mãos morenas, milagrosas,
São as asas do sol, agonizantes...
Florbela Espanca


Xutos & Pontapés e Avé Maria

Imagem
Apetece-me. Porque é 13 de Maio. E é para o Zé Pedro com votos de rápidas melhoras :)

O mano...

Imagem
... mandou uma prenda por mail :) Comfortably Numb, um dos meus fétiches.  12 de Maio, O2 Arena, Londres.

Teria sido por isto que o Blogger teve um crash? Se foi, está desculpado ;)

Ontem foi assim...

Imagem

Não brinco mais!

Imagem
Assim fico indecisa ;)



A alma em símbolos

Minha alma — o que é? Só em símbolos mudos
Seu horror e confusão serão exprimíveis:
Deserto fora do espaço onde, absoluta,
A esperança reina com dúvidas horríveis.


Sua ideia é a que dá, estranha e escura,
Qualquer rio desconhecido, só, embruxado,
Num velho quadro ignoto, única pintura
De algum bom pintor, por azar ignorado.


Ela é uma ilha fora de humanas vias,
Misteriosa, antiga no meio do mar,
Com grutas, cavernas virgens e sombrias,
Cheias de horrores, possíveis de encontrar.


É velha estalagem com corredores tecidos
Num labirinto escuro onde, noite fora,
Sem causa nem lugar se ouvem ruídos
De portas a fechar, o que nos apavora.


Montanhosa região, livre e bravia,
De precipícios silentes, invisíveis,
Onde não ousamos pensar o que seria
Nem querer saber que coisas lá possíveis.


Se mistério, romance ou medo um dia
0 coração mostraram em papel ou tela,
Decerto que aos homens ele apareceria
Como a alma surge ao meu sentido dela.


Deserto de penhascos no meu imaginar
Onde tudo está aquém e além r…