Cinco Dias, Cinco Noites

Com 19 anos incompletos, André viu-se forçado a emigrar. Arranjaram-lhe dinheiro, deram-lhe um endereço para o Porto e disseram-lhe que aí se resolveria a passagem de fronteira para Espanha. As coisas não foram, porém, assim tão fáceis. No Porto, as pessoas a quem ia recomendado garantiram de principio nada poderem fazer. Só depois de duas enervantes semanas de espera acabaram por indicar um tal Lambaça, contrabandista, que se dizia disposto a levar André para Espanha...
Manuel Tiago 




Natal 2011


Comentários

Hugo Nofx disse…
...e eu nunca vi o filme nem li o livro... Mas hei-de ler e ver ambos!

beijo.
nêspera disse…
Acho bem!

bjis :)

Mensagens populares deste blogue