Movo-me entre dois atalhos

Movo-me entre dois atalhos
atravessados por um rio.
Encontro em cada um árvores frondosas,
sombras frescas que me refrescam.
Não decido que direcção seguir.

Sou limitada pelo teu olhar, do lado direito.
Do lado esquerdo, um outro olhar envolve-me.
A escolha tem de ser rápida, segura,
pensada com a parte de nós
que habitualmente não pensa.

Mas talvez fique assim,
apenas uma ilha no interior
desse rio que atravessa
os dois caminhos e continua
o seu curso imparável.
Maria Carlos Loureiro




Recebi este presente de Natal. 
Antecipado, mas chegou na hora certa. 
No momento exacto.
Amei! 
O Acasos e Mistérios de Maria Carlos Loureiro.
E o Cumprimento do Klimt.
Obrigada :)


Comentários

Hugo Nofx disse…
Fico feliz por saber que gostas!!!

beijinhos natalícios!

Mensagens populares deste blogue