The Doors

1968. Holywood Bowl. Apetece-me ouvir tudoooo! :)

Comentários

Hugo Nofx disse…
Eu e alguns da minha geração, despertaram para os Doors com o filme do Oliver Stone. Um dos meus melhores Amigos deixou crescer o cabelo para ficar parecido com o Jim Morrison... Gravámos cassetes de uns para os outros com todos os álbuns deles. Enverguei por essa altura, muitas vezes, uma t'shirt dos Doors que fez furor na minha escolinha. Li por essa altura a biografia de Jim Morrison e os poemas que não serviram para as músicas. É um gosto musical que preservo até hoje, evidentemente.
Amo The DOORS!

beijo.

(tive em tempos um quadro com uma frase do Jim que tinha sido retirada do jornal Blitz, afixada numa parede do meu quarto)

(memórias...)
nêspera disse…
Eu despertei para os Doors era muito criança. Vantagens de ter manos mais velhos. :)
Ouvia Waiting For The Sun e Touch Me até à exaustão. Dancei Roadhouse Blues e Light My Fire até cair para o lado. Apaixonei-me por An American Prayer e ainda assim continuo. E há o The End associado ao Apocalypse Now... Por isso, dizer que amo os Doors é muiiiito pouco. :)

Bjis :)

Mensagens populares deste blogue

🎶zeca afonso🎶maio maduro maio🎶