Hoje é dia de aniversário!

Faz hoje anos que entrei no mundo do trabalho! Recordo, ainda, o nome dos meus primeiros alunos... E de (quase) todos os que se seguiram também!
A minha primeira escola já não existe. Ficava numa aldeia onde fui descobrir uma amiga de infância da minha mãe e que não se viam há 40 anos. O reencontro foi uma festa de arromba!
Guardo os poemas de despedida que me fizeram alunos e colegas. Religiosamente.
Nessa altura, a profissão era mais criativa e menos burocrática. Gastava-me mais tempo a arranjar e preparar actividades para os alunos do que a fazer propostas e respectivos relatórios das mesmas. Podíamos estudar os fungos observando os cogumelos sem precisar de esperar pela aceitação do conselho pedagógico com um mês de antecedência. E podíamos fazer o magusto em colaboração com outras escolas e outros graus de ensino sem ser necessário preencher grelhas de articulação entre ciclos. E podíamos fazer ensino individualizado sem precisar de fazer planos de recuperação. Ou seja, éramos autónomos para fazer o que considerávamos ser o melhor para os alunos sem preencher papéis. Também não havia impressoras... Bom, agora há, mas não há tinteiros... Mas isso é outro assunto.
Apesar de a gestão já não ser democrática, a avaliação ser desonesta, os concursos serem injustos, as reuniões excessivas, os papéis e as grelhas e as propostas e os relatórios e... e... e... serem mais do que muitos, (ainda) não perdi o gosto, nem a vontade, nem a ambição de fazer sempre melhor!






Comentários

Hengerinaques disse…
Consequentemente, TU SIM...és Professora!
nêspera disse…
Resta-me a consolação de que ainda há muitos como eu! :)
Janita disse…
Se é dia de aniversário, é dia de parabéns, Nêspera!
Assim é que se fala, quando se abraça uma profissão, por muitas dificuldades que surjam, a ambição de fazer sempre mais e melhor não deve esmorecer.

PARABÉNS, por seres como és!

Beijinhos. :)
nêspera disse…
Obrigada, Janita!
Gosto muito da minha profissão, por isso, dificilmente vou esmorecer.

Bjis :)
Anamaria do Val disse…
Que bom que você não perdeu o gosto, Nêspera! Isso é vocação. Parabéns, professora. Beijos
nêspera disse…
Obrigada, pintora!

Bjis :)
Hugo Nofx disse…
Tão lindo este teu texto! E eu só agora venho dar-te os PARABÉNS! Bem, mais vale tarde que nunca... Desculpa.

Eu gostava de ter tido uma prof como tu!

beijos!
nêspera disse…
Eu tive a sorte de ter tido uma prof (quase) como eu!
(tive, ter, tido... boa!)

Bjis :)
nêspera disse…
E aproveito para lhe dizer que também não me parabenizou aqui...
http://eraumavezumanespera.blogspot.pt/2012/10/zero-7-e-somersault.html

Ai,ai,ai...

Mensagens populares deste blogue

🎶zeca afonso🎶maio maduro maio🎶